Admiração Platônica

WHY SHOULD I CARE!?
WHY SHOULD I STAND HERE!?
WHY AM I SO FUCKING MASOCHIST!?
AAAAAAAAAAAAAAAAHHH!!!
SOMETIMES I WISH YOU WERE DEAD!
SOMETIMES I WISH I NEVER MET YOU!
YOU'RE REALLY STUPID WHEN YOU WANT TO
YOU'RE REALLY CRUEL SOMETIMES TOO
YOU'RE FULL OF SHIT, IF YOU'D LIKE TO KNOW IT
BUT YOU DON'T WANNA STILL!

But sometimes
I just remember you there
And I remember, how stupid am I?
I remember you talking with me
And I remember that you were good... and you were nice... and you were kind...
And you were...

I KNOW THAT I SHOULD BLAME MYSELF!
WELL, SHOULD I BLAME MYSELF!?
I DUNNO IF I SHOULD BLAME MYSELF, BUT I BLAME MYSELF, SOMETIMES...!
BUT THE BLAME IS ALL YOURS, NOW!
NOW THE BLAME IS ALL YOURS!
WHY DID YOU HAVE TO BE SO STUPID WITH ME!?
SO COLD AND SO INDIFFERENT...!?
WHY SHOULD I... WHY SHOULD I BOTHER MYSELF CARING OF YOU, FOR YOU, TO YOU!?
WHY CAN'T I JUST BURN YOU, AND CLEAN YOU FROM MY MIND!?
WHY CAN'T I JUST ERASE YOU!?
HOW COULD I WORSHIP YOU SO MUCH!??!

But sometimes I remember you there...
And I could see a part of you... Well, I just wish to...
I wish I could see a part of you that you don't show to everyone...
That you just show to that special people to you... Not so special, either...
But still... A little... Just a fucking little SPECIAL...!!!

WHY DO I BOTHER SO MUCH?
WHY DO I CARE?
WHY DO I FUCKIN' CARE!?
WHY DON'T YOU EXPLODE!?
WHY DON'T YOU...!?

- - -

Tenho um grande defeito, um grande defeito. De ficar pondo as pessoas em pedestais. Aí quando eles quebram... A coisa fica feia. Cacos por toda a parte. Me ferem as mãos e os pés. E eu sinto dor... E fico deprimida. Não faz sentido. Não faz sentido, eu não quero isso.

Quando eu tinha 14-15 anos... Eu frequentava um fórum de Yuri e Shoujo Ai. E nesse fórum, tinha uma Admin e uma Moderadora. A Moderadora era apenas 1 ano mais velha que eu. E bom... Algumas coisas aconteceram neste fórum, que me deixaram meio infeliz e insatisfeita. E como boa ariana-porra-louca que sou... Já fui pôr a boca no trombone. E no que deu!? Em nada... Na verdade mesmo, eu ganhei uma relação estranha com essa Moderadora. Bem, uma relação estranha apenas da minha parte, porque a dela para comigo, era bem simples de se entender...

Eu a odiava, e ao mesmo tempo, passei a admirá-la. Não admirá-la no sentido "sexual" da coisa. Eu não queria comê-la, ou beijá-la, ou namorar com ela... Não queria nenhum envolvimento romântico-amoroso com ela. A única coisa que eu queria era... Bom... Talvez me aproximar. Ser alguma coisa pra ela. Ser amiga dela, por que não? Mesmo que fosse uma colega, com quem ela só falasse de vez em quando, mas que ela falasse, ao menos...! A questão é... Como eu reagi a tais pensamentos/sentimentos!? Eu a ataquei! Ferozmente, aliás!

Criei apelidinhos, xingava ela, publicamente, zombava dela, criava historinhas pra ridicularizá-la na frente de todos! Ou seja... O meu alvo deixou de ser os problemas do fórum, os quais eu comecei a criticar... E passou a ser ela! Dediquei toda a atenção à ela! E diga-se de passagem, ainda a acusei de estar "afim de mim", por estar tão brava comigo... Quando na verdade, era o extremo oposto! Eu quem estava atrás dela, mesmo que não no sentido amoroso da coisa...!

Bom... E o que aconteceu no fim? Nada demais... A gente virou "colega", depois d'eu ter pedido desculpas e vice-versa... Ela era fria e séria e indiferente... Mas ainda sim, falava comigo vez ou outra. De vez em quando, eu me surpreendia quando ela era "amigável" demais... Mas continuava com ela em meu pedestal. Não fazia sentido, e nunca fez mesmo, até os dias de hoje... A questão é... Hoje em dia eu não sinto mais isso por ela. Essa admiração esquisita e doentia, sem nenhum propósito...

Mas eu passei a sentir isso por outras pessoas também. E foi passando, uma decepção atrás da outra...

A segunda pessoa a entrar fortemente nesse balaio, foi uma garota de um fórum que eu fiz. Ela era muito do caralho... Essa eu admirei pra valer! Inteligente à beça, escrevia bem pra porra, era simpática com todos, engraçada...! Uma pessoa fodástica! Posso admitir plenamente que eu a admirava! E volto a repetir... Ela não era meu tipo! Eu não a beijaria, não namoraria, não foderia... Eu não ficaria com ela, amorosamente falando! Mas ainda sim... Queria ser amiga dela! Gostava de ler o que ela escrevia! Admirava-a pra valer! Lia todas as fics dela, comprei o CD da banda dela (onde ela cantava fodasticamente bem!), e por aí vai...

E então, um dia, eu descobri que... Apesar d'eu achá-la minha amiga, ela era bem mais amiga da minha Ex, do que minha... Isso porque, quando eu terminei com a minha Ex, ela tomou as dores dela, e simplesmente, PAROU de falar comigo! E é claro, antes disso, ela foi bem grossa, fria e cruel comigo! As usual...

Cara, vou te dizer... Por meses eu fiquei deprimida... Mas não porque terminei com a minha ex, e sim, porque ELA parou de falar comigo! E isso não faz o menor sentido! Mas foi o que aconteceu!

And so we go, so we go... Chegamos aos dias de hoje...

E mais uma vez... Me vejo nisso... Uma admiração estúpida e platônica. E como eu reajo? Simples... Sou escrota, até os limites, sou estúpida, sou implicante e filha da puta... E então, quando finalmente me arrependo, parece tarde. Ou então, nunca fora cedo... Se é que dá pra entender a analogia. Mais uma vez, estou lidando com alguém que está "cagando" pra mim, seja por minha culpa ou não. Seja por eu ser mal-interpretada, ou não... A questão é... Eu não gosto dessa pessoa. Não em sentidos amorosos, repito... Mas realmente, tinha todos os motivos do mundo para admirá-la. Mas assim, como as outras, estou sendo obrigada a esquecê-la... Mesmo depois de tanta dificuldade... Parece que estou começando a odiá-la. Mas odiá-la parece ser ainda pior!

Ah, cara! Odeio isso! Odeio sentir isso! Não sei o que fazer! Me sinto estúpida! Fico me humilhando, tendo o meu orgulho pisado! Esta pessoa não compreende, me acha uma estúpida, não se importa... Ou tudo junto! Ou simplesmente está puta pelo que fiz a ela!

Mas e agora...? O que eu faço?

What can I do?


(Deftones - Around The Fur)
"I just want your eyes fixated on me!"

Um comentário:

xx robbie the bunny xx disse...

Acho que o fato de elaborar o comportamento repetitivo é um passo para a cura da compulsão, devo dizer que às vezes não dá certo.

Houve coisas que sim, sim, e não, não. Talvez nunca existiu, certo?

Fodástico não existe, como vc bem explicou: Pedestal. Mas sinta-se feliz, eu me desloquei da Zona Sul pra Zona Norte só pra te ver \o/ \o/ \o/ Faço isso por poucas pessoas, isso seria qualificar alguém no pedestal.

E a gente cresce e escuta mais do que fala. Eu continuo aqui o/ (E postando comentários demais no seu blog, mas tá sendo bem legas!!)